quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Só uma dor de cabeça

Dentro de alguns dias, Daniel Dantas não será mais considerado criminoso. O juiz Arnaldo Esteves Lima, do STJ, suspendeu todas as decisões tomadas a partir da operação Satiagraha, inclusive sua condenação. Esse é o primeiro passo para a anulação do processo e a liberação dos US$450 milhões que o banqueiro tem bloqueados nos Estados Unidos.

Dantas foi condenado a dez anos de prisão mais multa de R$12 milhões por corrupção ativa e está envolvido em processos de evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

Apesar de toda a polêmica gerada pela operação, a atitude da Polícia Federal foi louvável, como vem sendo em suas missões que deixaram de lado criminosos comuns e passaram a atacar as classes mais corruptas e impunes da sociedade. Há algum tempo, quadrilhas de classe média e alta vêm sendo desbaratadas e seus membros presos sem a habitual distinção entre pobres e ricos feita pelas polícias estaduais.

Mas de que isso adianta se, no fim, uma pessoa exerce um poder suficiente para jogar tudo pelo ralo? No final terá sido só uma grande dor de cabeça.


3 comentários:

  1. Nós contribuintes, que somos obrigatoriamente usurpados em tres meses do ano de trabalho, luta e sacrifícios para os impostos, não somos quem votou em Lula Lá e sua camarilha. Quem autorgou um mandato para esse que se diz Todo Poderoso e O Cara, foram nordestinos famintos agradecidos pela empulhação do Bolsa Fami´lia e outros programinhas demagógicos-eleitoreiros. Então, essa gente desonesta como Daniel Dantas, Arruda, Jeferson, etc. são acobertados por um poder maior, digno da Máfia da Calábria.

    ResponderExcluir
  2. Parece que por aqui nunca conseguimos concluir todas as etapas do processo com sucesso, não? Se prende não condena, se condena não prende, etc...

    ResponderExcluir
  3. Lamentável, é só o que tenho a dizer.

    ResponderExcluir